Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




image.jpeg

Aquilo que a revolução nos trouxe de mais importante não foi o desenvolvimento, não foi sequer a possibilidade de escolher o governo que quisermos.

Foi, isso sim, a possibilidade de mandar o governo que escolhemos dar uma volta alguns anos depois. O 25 de Abril trouxe-nos a possibilidade de tentar e errar e tentar de novo. Sim: andamos com dificuldades em errar menos. Mas em breve podemos tentar de novo, e isso faz toda a diferença.

Agora, claro, a democracia não fica por aí: também temos de escolher melhor (temos tido problemas nisso), temos de participar mais (nas autarquias, nos partidos, nos movimentos e associações, nos debates) e exigir mais de cada um de nós e não tanto de entidades abstractas como o país, "eles", "esses gajos", etc.

Enfim, digamos o que dissermos, podemos falar e podemos escolher por causa daquilo que aconteceu há 40 anos.

E podemos ver todos os partidos a falar na assembleia, aqueles partidos que mal ou bem lá pusemos. Já não temos uma artificial União Nacional, a união dos calados e dos serenos.

Que sejamos livres, mal ou bem. Já sabemos que não é fácil. Mas isto, a liberdade, desculpem lá, mas ninguém nos vai tirar.

Viva o 25 de Abril!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:58


Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Abril 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog