Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livros & Outras Manias

Livros & Outras Manias

25
Abr14

O 25 de Abril não é o que pensam

Marco
image.jpeg

Aquilo que a revolução nos trouxe de mais importante não foi o desenvolvimento, não foi sequer a possibilidade de escolher o governo que quisermos.

Foi, isso sim, a possibilidade de mandar o governo que escolhemos dar uma volta alguns anos depois. O 25 de Abril trouxe-nos a possibilidade de tentar e errar e tentar de novo. Sim: andamos com dificuldades em errar menos. Mas em breve podemos tentar de novo, e isso faz toda a diferença.

Agora, claro, a democracia não fica por aí: também temos de escolher melhor (temos tido problemas nisso), temos de participar mais (nas autarquias, nos partidos, nos movimentos e associações, nos debates) e exigir mais de cada um de nós e não tanto de entidades abstractas como o país, "eles", "esses gajos", etc.

Enfim, digamos o que dissermos, podemos falar e podemos escolher por causa daquilo que aconteceu há 40 anos.

E podemos ver todos os partidos a falar na assembleia, aqueles partidos que mal ou bem lá pusemos. Já não temos uma artificial União Nacional, a união dos calados e dos serenos.

Que sejamos livres, mal ou bem. Já sabemos que não é fácil. Mas isto, a liberdade, desculpem lá, mas ninguém nos vai tirar.

Viva o 25 de Abril!
16
Abr14

As eleições europeias

Marco

Um post político, para variar um pouco. Sabiam que estas eleições europeias servem para eleger os deputados ao Parlamento Europeu e, pela primeira vez, os candidatos a presidente da Comissão Europeia estão definidos previamente?

 

Ou seja, estas eleições vão servir para eleger o Parlamento e, de acordo com os resultados, será escolhido o sucessor de Durão Barroso — é o que acontece a nível nacional, em Portugal: elegemos os deputados e, de acordo com os resultados das eleições para a Assembleia, o Presidente da República escolhe o primeiro-ministro, seguindo o princípio de respeitar os candidatos declarados pelos partidos previamente.

 

No caso da União Europeia, os candidatos são Jean-Claude Juncker (PPE, ou seja, o PSD europeu) e Martin Schulz (PSE, ou seja, o PS europeu).

 

Ninguém pode hoje dizer que a Comissão Europeia não faz nada ou não tem impacto na nossa vida. Estas eleições são, assim, muito mais importantes do as pintam pelas conversas desse país fora.

 

No entanto, quem ler os jornais portugueses nem se apercebe disto. Quem ler os jornais portugueses acha que estamos a falar duma eleição nacional. Ora, os cabeças de lista portugueses só poderão ser uma coisa: deputados. É quase como se os jornais se concentrassem nos candidatos dum só distrito durante as Eleições Legislativas. 

 

Estas eleições são importantíssimas: mas convém percebermos que são europeias. Até podemos não concordar com a existência da União Europeia, mas que ela existe, existe, e convém votar em consciência, sabendo que estamos a votar, no fundo, em partidos europeus, que irão definir a próxima Comissão Europeia, que nos governa (e, em Portugal, governa ainda mais do que noutros países, como todos sabemos).

09
Fev14

§ Quem quer ser deputado?

Marco

No meio do Parlamento, perante uma votação especialmente difícil, um dos deputados perguntou se podia usar uma das ajudas. Começou por telefonar para casa; como não obteve ajuda, pediu a ajuda do público. Por fim, pediu a ajuda 50/50 e a resposta "Não" foi eliminada. Votou a favor e todos bateram palmas.

27
Jan14

¶ A outra edição do 1984

Marco

Lembram-se quando, no início do ano (parece que já foi há tanto tempo!), vos contei que comprei o romance 1984 pela segunda vez?...

 

Achei que seria engraçado dar-vos a conhecer a minha primeira edição, que tinha para aqui para o meio das estantes. 

 

Uma é uma edição inglesa, outra americana. Para lá da leitura do romance em si, vou divertir-me a tentar perceber as diferenças. 

 

Sim, eu sei, parece que não tenho mais nada para fazer. Mas tenho, e não é pouco. Só que um geek dos livros precisa de ter algo para entreter a cabeça...

 

 

 

Mesmo ao lado, porque a minha biblioteca é um pouco caótica, mas por vezes os livros do mesmo autor lá se encontram à esquina, encontrei isto:

 

 

 

Não faço ideia há quantos anos comprei isto.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Abril 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30