Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Bem, este será um dos posts livres de livros. E serve para vos dizer o seguinte: parece-me que a maior parte das pessoas está convencida que o resto do mundo é extraordinariamente estúpido.

Entendamo-nos: que há estupidez no mundo, há e sobra. Mas preocupo-me mais com a minha estupidez (que existe também) do que com a estupidez dos outros. Para mais, a forma como vemos o que os outros fazem e dizem é tão parcial, que teremos sempre muita dificuldade em perceber se somos nós que não os compreendemos ou se são eles que de facto não percebem. Na dúvida, perdoe-se o outro e tente-se ser menos parvo. Não sei se compreendem... Espero que sim, porque vos tenho em muito boa conta. 

Mas se não compreenderem, é bem provável que a culpa seja minha. Por isso, explico de novo: quase toda a gente é estúpida de vez em quando. Todos nós. Sem excepção. Mais vale preocuparmo-nos connosco. Porque, no que toca aos outros, o nosso cérebro está enviesado para generalizar e a nossa mentalidade está mais preparada para sublinhar o mau em detrimento do bom. Junte-se tudo isto e, dando tempo suficiente ao cérebro para mastigar todas as informações obtidas de forma enviesada e negativista (no que toca aos outros), um ser humano normal fica convencido que os outros são estúpidos.

Quando alguém está muito convencido que é muito inteligente, então aí é que a porca torce o rabo. Fica isolado na sensação confortável que o mundo é uma colecção de estúpidos e ele é um dos poucos iluminados.

Não é. Felizmente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:34



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor


Um livro deste blogue...

Doze Segredos da Língua Portuguesa
[Mais informações nesta página.] DOZE SEGREDOS DA LÍNGUA PORTUGUESA

Calendário

Janeiro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog