Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livros & Outras Manias

Livros & Outras Manias

20
Fev14

¶ As tags do Sapo lidas na diagonal (com muitos pontos de exclamação)

Marco Neves

Parece que há protestos na Ucrânia, mas os portugueses não se decidem quem são os maus e os bons — e entretanto os ucranianos estão a levar no lombo e ninguém se preocupa! Ou então quem protesta é neo-fascista encapotado ao serviço do imperialismo (afinal, são anti-russos e pró-UE, que coisa esquisita)! E parece que o Fernando Tordo foi para o Brasil trabalhar e o filho despediu-se com uma carta no blog e os portugueses não conseguem decidir se acham bem ou mal e nem sequer sabem o que é que acham bem ou mal — mas, seja por causa do cantor seja por causa do país, sabem bem que isto está tudo mal! E parece que há uns jogos olímpicos! Mas ninguém repara! E parece que ia havendo um referendo, mas fica para depois! 

 

É isto?

20
Fev14

¶ Al Berto (e o papel dos livros)

Marco Neves

Nos meus vintes e poucos tive aquilo que se poderia chamar de adolescência tardia, com direito a má poesia e tudo... Felizmente, não me deu a travadinha de muitos adolescentes que escrevem muito mais poemas do que aqueles que lêem: assim, lá ia eu, às vezes, procurar alimento, se bem me entendem.

 

Lembro-me de ter encontrado este livro perdido numa Fnac, que julgo ter sido a do Chiado, que era um local de peregrinação de novo lisboeta fascinado pela luz de Lisboa, sem deixar de querer livros, muitos livros, cada vez mais livros.

 

Mas, neste caso, não interesso mesmo nada. Fiquem com a beleza da capa e do primeiro poema — e leiam-no, já agora:

 

 

 

 

 

(Já agora, num aparte físico em relação aos livros — que isto dos livros de papel tem muitas vantagens — esta edição da Relógio de Água mantém-se perfeita ao fim de dez anos, papel imaculadamente branco, um livro inteiramente preto, que continua a apetecer como se fosse novo.)

20
Fev14

¶ E se não pudesse ler nunca mais?

Marco Neves

Escrevo isto ontem à noite. (Como devem imaginar, com trabalho e tudo o resto, tenho de escrever estes posts com antecedência, nos tempos livres, para irem entrando, por ordem, neste blog.)

 

Ora, neste momento em que escrevo, estou com uma dor de cabeça dos diabos. Ou porque estou com gripe (ou lá o que é) ou porque o meu filho também está doente, esta está a ser uma noite dolorosa.

 

Tão dolorosa que — valha-me deus! — nem me apetece ler. 

 

E isto leva-me a pensar: ora, e se de repente me acontecesse alguma coisa que me impedisse de ler para sempre?

 

O horror! O horror! 

 

Bem, vou combater a dor de cabeça e ler um pouco, para passar o pânico — e pode ser que a dor de cabeça também desapareça.

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728